Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

Eu assisti: Que horas ela Volta?

Imagem
Eu sou apaixonado pelo o cinema nacional e, por ter visto vários filmes do segmento, constatei que grande parte deles retratam a realidade do nosso país - logicamente, estou excluindo dessa lista as comédias, que ocupam um espaço gigantesco nas salas.

A princípio, percebi que muito se falava (e fala) sobre o "Que horas ela volta?" e confesso que mesmo sendo elogiado por boa parte dos críticos, esperava encontrar um drama pesado.



Mas ainda bem que tive essa expectativa quebrada. Fui apresentado à Val, que é deliciosamente interpretada por Regina Casé. 
A premissa é relativamente simples. Val tomou a decisão de deixar a sua filha, Jéssica, sendo criada por outra pessoa em sua terra natal (Pernambuco) e, com o intuito de proporcionar uma vida melhor a ela, mudou-se para São Paulo. Lá, ela trabalha como empregada doméstica para Bárbara (Karine Teles) e Carlos (Lourenço Mutarelli).
"Que horas ela volta" logo no começo já dita o tom da relação entre Val e Fabinho (Michel Joe…

Efeito Reverso

Faz quatro anos que eu malho e confesso que já obtive ótimos resultados. As minas se amarram no meu peitoral volumoso que quase rasga as minhas camisetas. Ficam loucas com os meus braços gigantes e não preciso nem de falar do meu tanquinho.

Treino seis dias por semana e, se a academia funcionasse aos domingos, treinaria sete. Considero-a como a minha segunda casa. Como ela fica perto da minha residência, dá para ir a pé. Costumo encontrar com Fábio uma quadra antes dela, ele também não mora longe.

- E aí, cara, beleza? – eu o cumprimento com um leve toque, de punho fechado.

- Tudo beleza. e você, Marcelão? – ele sorri e continuamos a caminhar rumo ao nosso destino.

- Tudo ótimo. E aí? Vai sair dos 50 quilos no supino hoje ou vai continuar sendo frango?

- Cara, eu não sou igual a você. Vou demorar te alcançar ainda.

- Frouxo.

- Vai à merda!



Sete da noite é o nosso horário. Sei que é lotado e gosto disso. Rimos dos frangos que fazem tudo errado. Trocamos ideia com os outros marombas. E não…

Agridoce - Capítulo 10

- Então Patrícia, como foi com o Hugo? - Adriana perguntou e deu sua primeira garfada. Eu nunca tinha ido naquele self-service. Gostava de almoçar em lugares não tão próximos do meu trabalho, porque pelo menos não corria o risco de encontrar com pessoas daquele ambiente.

- Como assim? - perguntei já imaginando o que ela me responderia.

- Você sabe né? Todo mundo comentou. Vocês se afastaram da gente ontem. Rolou algo?

- Claro que não! - Naldo interveio.

- Deixa ela responder - Adriana advertiu. Percebi que ela tinha perdido o interesse em seu prato.

- Não rolou nada e nunca vai rolar. Hugo é um estúpido e... - só não completei a frase porque Naldo pigarreou escandalosamente.

- E lindo - Larissa acrescentou - Ainda bem que eu não fico perto dele, porque se eu ficasse só conseguiria fotografar aquele rosto de galã de novela mexicana.


- Detesto novelas, ainda mais mexicanas - revirei os olhos.

- Você é uma mulher de sorte, Patrícia. Não tem noção do quanto o Hugo é cobiçado - Adriana i…

Apologia das Letras - Aquecimento Literário

Imagem
Como vocês se preparam para uma leitura? Neste vídeo eu vou mostrar um pouquinho do meu aquecimento literário. Ah e não deixe de se inscrever no canal Apologia das Letras.